Para conseguir controlar o avanço do coronavírus, muitas pessoas têm passado mais tempo dentro de casa, em distanciamento social. E com a falta de movimentação do corpo e o fechamento de academias, houve um aumento considerável nas pesquisas sobre atividades físicas em casa. Nos últimos 90 dias, por exemplo, milhares de pessoas em todo o país pesquisaram por “exercícios físicos em casa” no Google.

No início do ano, período anterior à pandemia, o número de pesquisas sobre o assunto era pequeno, tanto que, em alguns dias, não havia dados suficientes para medir a popularidade. Já a partir de março, com o início da quarentena no Brasil, muitas pessoas se interessaram pelo tema, com pico em 27 de março. Desde então, o número vem variando, mas ainda se mantendo com relativa popularidade.

Mas você sabe por que é importante continuar se exercitando, principalmente nesse momento que estamos passando? A prática da atividade física faz muito bem para a nossa saúde física e mental e serve também para o fortalecimento do sistema imunológico que atua na defesa do nosso organismo. Auxilia no controle dos hormônios do estresse e reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas. O recomendado é que ela seja de baixa intensidade e tenha duração de 30 a 90 minutos.

Como começar a se exercitar em casa?

Difícil mesmo é quebrar o sedentarismo e iniciar uma nova rotina de exercícios. Mas com o tempo, você vai pegar a prática e começar sentir os benefícios para a sua saúde. Se você está perdido e não sabe por onde começar, vamos deixar aqui uma lista de atividades físicas que podem ser feitas individualmente e em sua casa. Confira:

- Aeróbico: Esses exercícios estimulam a circulação e são ótimos para queimar as gordurinhas localizadas. Você pode pular corda, descer e subir escadas ou dançar.
- Força: O objetivo é o fortalecimento, definição e tonificação dos músculos. São feitos com a ajuda de pesos.
- Circuito: São exercícios cronometrados que combinam atividades aeróbicas e de resistência.
- Yoga: Melhora a postura, circulação sanguínea e a flexibilidade do corpo.

Para você que ainda não pratica nenhuma atividade física, é importante começar aos poucos e ir aumentando a intensidade com o tempo, sempre respeitando os seus limites. Criar esse hábito pode ser complicado, e manter ele mais ainda. Durante esse processo, cuide da sua alimentação, mantenha-se hidratado e lembre-se que você está fazendo algo bom e que vai lhe trazer bons frutos logo.

Palavras chave: exercícios físicos, exercício físico em casa, atividade física em casa, pandemia, isolamento social e saúde,

Carregando

Aguarde...

Ficou interessado?

Nós entramos em contato com você